Cefarma
Compartilhe:

Notícias

Farmacêuticos vão padronizar o trabalho das Farmácias nos hospitais de Aracajú

Farmacêuticos e assistentes de farmácia se reuniram nesta sexta-feira, 9, para traçar as primeiras diretrizes do Colegiado Gestor de Assistência Farmacêutica da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS). A reunião, que aconteceu no auditório  da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, reuniu os 22 membros do grupo que atuam na diretoria operacional, na Central de Logísticas e nas unidades gerenciadas pela FHS.

A proposta do colegiado é padronizar o trabalho da Farmácia em todas as unidades. “Vamos montar um padrão de trabalho e de fluxos que permitam que os pacientes sejam atendidos da mesma maneira no Hospital de Urgência de Sergipe [Huse] ou em qualquer unidade do interior. Além disso, vamos discutir nossas dificuldades e achar soluções comuns”, destacou Rafael Santana, gerente de Assistência Farmacêutica da Fundação.    

Segundo o gerente, o foco inicial do grupo é melhorar os mecanismos de controle. “Por exemplo, queremos implantar a dose única em todas as unidades”, disse. Em um segundo momento, o trabalho do colegiado será voltado para inserção mais aprofundada destes profissionais na equipe multidisciplinar.

“Cabe ao farmacêutico verificar se há problemas na interação medicamentosa, orientar corretamente o uso dos medicamentos e discutir com o restante da equipe qual o melhor tipo de medicação. A proposta é que o farmacêutico tenha um papel ainda mais atual na equipe multidisciplinar”, enfatizou Rafael.

A implantação deste colegiado é apenas um dos avanços proporcionado pela FHS no setor de Farmácia. Além disso, são 40 profissionais distribuídos nas unidades hospitalares gerenciadas pela FHS. Este número representa uma aumento de 150%, em relação aos 16 profissionais que atuavam nestas unidades.

“Isso demostra a preocupação desta gestão em garantir serviços farmacêuticos adequados para os usuários do SUS [Sistema Único de Saúde], frisou Emanuel Messias, diretor geral da FHS. Além disso, a FHS conta com 97 assistentes de farmácia. Hoje, todas as unidades gerenciadas pela  fundação contam com farmacêutico. 

Deixe seu comentário
Voltar
A empresa está fechada. E não há previsão de reabertura.

O site se mantém no ar apenas para consulta.