Cefarma
Compartilhe:

Vacinação Infantil

IDADE VACINAS DOSES DOENÇAS EVITADAS
Ao nascer BCG - ID dose única Formas graves de tuberculose
Vacina contra hepatite B 1ª. dose Hepatite B
1 mês Vacina contra hepatite B 2ª. dose Hepatite B
2 meses VOP (vacina oral contra pólio) 1ª. dose Poliomielite ou paralisia infantil
Vacina tetravalente (DTP + Hib) (1) 1ª. dose Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
4 meses VOP (vacina oral contra pólio) 2ª. dose Poliomielite ou paralisia infantil
Vacina tetravalente (DTP + Hib) (1) 2ª. dose Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
6 meses VOP (vacina oral contra pólio) 3ª. dose Poliomielite ou paralisia infantil
Vacina tetravalente (DTP + Hib) (1) 3ª. dose Difteria, tétano, coqueluche, meningite e outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo b
Vacina contra hepatite B (2) 3ª. dose Hepatite B
9 meses (3) Vacina contra febre amarela dose única Febre amarela
12 meses SRC (tríplice viral) (4) dose única Sarampo, rubéola, síndrome rubéola congênita e caxumba
15 meses VOP (vacina oral contra pólio) reforço Poliomielite ou paralisia infantil
DTP (tríplice bacteriana) reforço Difteria, tétano e coqueluche
6 a 10 anos BCG - ID (5) reforço Formas graves de tuberculose
10 a 11 anos dT (dupla adulto) (6) reforço Difteria e tétano
Vacina contra febre amarela reforço Febre amarela
Mulheres de 12 a 49 anos (7) SR (dupla viral) dose única Sarampo, rubéola
e síndrome rubéola congênita
A partir
de 60 anos (8)
Vacina contra influenza dose única Gripe (Influenza)
Vacina contra pneumococos dose única Pneumonias

Fonte: Funasa

A empresa está fechada. E não há previsão de reabertura.

O site se mantém no ar apenas para consulta.